Agro brasileiro

O agronegócio brasileiro é uma atividade próspera, segura e rentável. Com um clima diversificado, chuvas regulares, energia solar abundante e quase 13% de toda a água doce disponível no planeta, o Brasil tem 388 milhões de hectares de terras agricultáveis férteis e de alta produtividade, dos quais 90 milhões ainda não foram explorados. Esses fatores fazem do país um lugar de vocação natural para a agropecuária e todos os negócios relacionados à suas cadeias produtivas. O agronegócio é hoje a principal locomotiva da economia brasileira e responde por um em cada três reais gerados no país. O agronegócio foi responsável por 21,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, correspondendo a 37% dos empregos no país.

Nos últimos anos, poucos países tiveram um crescimento tão expressivo no comércio internacional do agronegócio quanto o Brasil. Os números comprovam: em 1993, as exportações do setor eram de US$ 15,94 bilhões, com um superávit de US$ 11,7 bilhões. Em dez anos, o país dobrou o faturamento com as vendas externas de produtos agropecuários e teve um crescimento superior a 100% no saldo comercial. Esses resultados levaram a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) a prever que o país será o maior produtor mundial de alimentos na próxima década. Durante a safra 2012/2013, o Brasil exportou US$ 100,61 bilhões em produtos agropecuários.

Desde o final dos anos 1990, poucos países cresceram tanto no comércio internacional do agronegócio quanto o Brasil. O País é um dos líderes mundiais na produção e exportação de vários produtos agropecuários. É o primeiro produtor e exportador de café, açúcar, etanol e suco de laranja. Além disso, lidera o ranking das vendas externas do complexo de soja (grão, farelo e óleo), que é o principal gerador de divisas cambiais. É líder também na exportação de carne de frango há 10 anos.

No início de 2010, um em quatro produtos do agronegócio em circulação no mundo eram brasileiros. A projeção do Ministério da Agricultura é que, até 2030, um terço dos produtos comercializados sejam do Brasil, em função da crescente demanda dos países asiáticos.

 

Referência: MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Emiliano Veiga

Engenheiro de Computação e mestre em Engenharia Elétrica na área de concentração sistemas eletrônicos e instrumentação. Filósofo, professor e pesquisador, atua há mais de 10 anos em pesquisa, desenvolvimento e inovação em software e hardware aplicados nos segmentos agro e biomédico. É um entusiasta com inovação tecnológica aplicada na solução de problemas reais e complexos. Nas horas vagas pratica corrida e montain bike, gosta de música e filosofia clássica, tocar violão e estudar mitologia.

Comments are closed.

×

Olá!

Clique na imagem para falar conosco no Whatsapp ou clique aqui para enviar-nos uma mensagem.

×